terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

2009, o ano que em que me casarei, o ano em que nos mudaremos para o nosso apartamento, o início da nossa vida como casal, como marido e mulher.

Depois de quatro anos e meio de muita batalha, depois de um ano namorando à distância, de dias e dias sofrendo e chorando, querendo estar perto, depois de enfrentar tantassss dificuldades para não abrirmos mão um do outro, do nosso amor, finalmente o dia mais feliz de nossas vidas está bem próximo.
Este ano seria perfeito se eu pudesse mergulhar em tudo isso, curtir tanta mudança boa. Queria poder folhear revistas de noivas, fazer inúmeras degustações de bolos, doces, assistir a inúmeros casamentos para conhecer os corais, viajar em cada cerimônia e me imaginar em cada noiva que eu visse. Mas a vida me mostrou outra realidade que exige dedicação, tempo, paciência. Mas isso não é algo ruim não, apenas é diferente do que imaginava nesse momento. Mas quando há amor, tudo fica mais fácil, tudo. O amor é realmente capaz de tudo, só quem ama de verdade sabe como ele nos capacita.
Vou receber o meu apartamento e cuidar de cada detalhe, sem pressa de nada. Pensar na cor da parede, na roupa de cama, no vaso da sala, no quadro da parede, em c a d a detalhe junto com o meu amor. Acho que mais ninguém, além de nós, sabe o que isso significa. A importância que o nosso lar tem para nós. Não é só um apartamento de dois quartos, é um lar que vamos começar a construir. O início de um casamento, com um filho ou uma filhinha linda, netos, Natais e Reveillons, planos de vida em comum.
Só eu e ele, sem ninguém de fora metendo o dedo, ninguém. Esse deveria ser o nosso momento, acho que quem vem de fora deve trazer boas vibrações, ajuda, críticas construtivas, enfim, acrescentar, e não meter o dedo prá criticar e jogar uma bomba na gente. Acho que todo mundo já passou por isso, ainda mais quem está planejando um casamento. Já falei....se eu ganhasse 1 real por cada palpite vazio ou maldoso que eu ouvisse eu estaria rica, riquíssima.
Mas o jeito é viver bem com a vida que temos. Viver feliz com a nossa realidade. Ninguém nunca disse que seria fácil, mas vale a pena cada pedra desviada no caminho, vale cada lágrima derrubada, vale todo o esforço necessário para superar a tempestade e conseguir enxergar o arco-íris no final.
Sei que está próximo , muito próximo de eu conseguir enxergar o meu arco-íris, o meu horizonte claro.
Sempre repeti o mantra de que tudo na vida é uma fase. E vou continuar a repetir. E esse momento não é diferente, é apenas uma fase turbulenta onde a minha fé e coragem está sendo testadas. Eu mesma estou me testando, me conhecendo, descobrindo os meus limites e também o quanto posso ser forte e invencível. Pois é, o Carnaval já está acabando e, como todos sabem, o calendário brasileiro só começa mesmo depois do Carnaval. Então posso dizer que 2009 está prestes a começar e eu quero é mais. Muito mais daquilo que a vida pode me oferecer de bom e maravilhoso. Estou aqui, pronta, prontíssima para o Universo me trazer tudo de bom que eu já doei e plantei até hoje. 2009 é o meu ano.

1 Comentários:

Blogger Fernanda Floret disse...

Que linda, o ano é todo seu!! beijo!

3 de abril de 2009 19:59  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial