segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Primeiro post do ano!!!! Eba!!!!!

Quero começar dizendo que minha última semana de 2007 foi maravilhosa, muito agradável. Passei o Reveillon e o começo de Janeiro em São Paulo. Perto da minha família, dos meus amigos, não podia ser melhor.
Cheguei à conclusão de que o clima de Natal e principalmente de ano novo é muito bom, inspirador eu diria. Isso porque, é neste período que as pessoas renovam seus votos, seus sonhos, suas energias. Querendo ou não, todo mundo revê suas atitudes e tomam decisões, retomam decisões também...rs
Estive pensando e acho realmente que o mundo seria melhor com dois reveillons por ano. Assim, as pessoas logo sairiam do comodismo e do “automático” que normalmente vivem. Voltariam a fazer o que tinham prometido e iam renovar suas energias, seria muito bom.
Também acho que não é pra menos. O mundo inteiro num só pensamento, de ano novo, vida nova, adeus ano velho e feliz ano novo, o mundo deve ficar muito mais iluminado, muito mais feliz. Contagia até os mais pessimistas e sérios.
Bem, falando um pouco da minha estada em São Paulo....teve de tudo nesses dias de viagem. Bingo (como eu já tinha comentado antes aqui no blog), muitas risadas, encontro na Paulista, pastel da mamãe, muitas conversas boas, metrô linha azul e verde (rsrsrs), enfim, foi tão bom relembrar algumas coisas q já estavam um pouco apagadas na minha memória.
Eu não fiz uma grande promessa não. Só mentalizei muita coisa boa prá mim e para as pessoas que amo. Decidi que vou lutar ainda mais pelas coisas que sonho. Dizer mais não, isso mesmo não. Não para as coisas que me fazem mal, não para as pessoas falsas e interesseiras, não para tudo que for ruim prá mim. Ser menos racional para algumas coisas e mais emocional para outras. Viajar mais (não na maionese, viajar mesmo, de verdade).
Então vou ficando por aqui e desejo um 2008 de cinema pra vocês. Que chegue dia 31/12/2008 e vocês possam dizer com todo prazer que 2008 foi excelente, inesquecível, que foi um ano maravilhoso pra vocês. Já senti isso em vários finais de ano da minha vida e é muito bom essa sensação de dever cumprido, de ter aproveitado o ano plenamente, de ter produzido bastante também e, é claro, ter sido um “protegido” do ano que passou.

1 Comentários:

OpenID chiqueria disse...

Oi Fabricia,
Tudo bem?
Obrigada pelo post no meu bloog, chiqueria. Realmente, dois reveillons por ano seria lindo. Mas teríamos o dobro de resoluções pra cumprir, né? Beijos

10 de janeiro de 2008 05:04  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial